sábado, 5 de junho de 2010

Nós, as porra loucas 2(que nome ridículo!)

Olho para meus peitos cheios de leite, sem nenhuma rachadura ou machucado, jorrando que nem vaca, todos os dias...
Penso no meu parto, no diagnóstico da minha parteira de "praticamente virgem de novo", e tenho uma vontade incontrolável de gargalhar...

Dizem que eu tive sorte...Sorte?
Eu acho que meu corpo se preparava para isso faz tempo...

No parto eu briguei só com aquelas cenas ruins, briguei só com o resquício de medo e de insegurança que colocam o tempo todo para nós mulheres, de que não somos capazes. Eu não briguei com meu corpo, obedeci cegamente, como sempre fiz, nas suas dores, nos seus desejos, nos seus caprichos...

Me lembro de cada desejo e cada fetiche maluco que tive e realizei, desafiando os tabus que tinha dentro de mim, gozando loucamente, fortalecendo minha vagina para um nascimento, meus peitos para um alimento...Me lembro da barreira que tinha pela memória de cenas bem ruins na cama, que eu fui quebrando nesse quase um ano com o Capi, depois de tanto tempo sem falar sobre isso, e que decididamente foi rompida no dia do parto...Me lembro de quando decidi parar de me entupir de remédio p/ cólica e de café para o cansaço da minha menstruação, quando decidi respeitar e admirar o ciclo do meu corpo, suas formas, suas necessidades...
Sorte? Pode até ser em parte...

Mas a Vaca Profana, agora virgem de novo(hahaha...Se eu pari e sou virgem ainda, seria o Pietro um cristo da putaria? hahahahahahahah), percebeu uma coisa: que sua liberdade a preparou para o parto.

Retomando o post "Nós, as porra loucas", eu digo: nós, as porra loucas, obedientes aos caprichhos do desejo, devotas aos nossos corpos, somos também mães com mais possibilidades de parir sem interferências médicas. Ser porra louca me deu uma vida sexual ótima, uma alegria imensa, uma fama de vagabunda em muitos lugares, uma percepção diferente do mundo por isso e uma coisa preciosa: o parto que eu queria!

Beijos das divinas tetas, que agora jorram leite bom na cara de todo mundo(principalmente na do pequeno, que as vezes se afoga de tanto leite...hahahahaha)

2 comentários: